domingo, 1 de novembro de 2015

Brasil - segundo reinado

bandeira do Brasil na época do 2º reinado
          O "segundo reinado"é a fase da monarquia brasileira que corresponde ao reinado do imperador Dom Pedro II. O início foi em 23 de junho de 1840, com a mudança na Constituição que declarou o príncipe Dom Pedro de Alcântara maior de idade aos 14 anos (dessa forma passou a ser considerado apto para assumir a liderança do governo). Essa fase terminou em 15 de novembro de 1889, com o evento político conhecido como "Proclamação da República".
D. Pedro II - adolescente




          O reinado do imperador D. Pedro II, que durou 49 anos, conviveu com várias importantes mudanças políticas, sociais e econômicas, além das questões internacionais que envolveram o Brasil.







Política interna


D. Pedro II - jovem



          Partido Liberal e Partido Conservador - disputavam espaços políticos, mas defendiam quase os mesmos interesses, pois ambos representavam a elite latifundiária Brasileira.








D. Pedro II - adulto jovem


          Parlamentarismo - enquanto no parlamentarismo inglês o monarca tem poucas atribuições (o governo é liderado pelo Primeiro Ministro, escolhido pelo Parlamento), no Brasil todo o poder estava concentrado nas mãos do imperador (devido ao uso do "Poder Moderador"). Essa é a origem da expressão "parlamentarismo às avessas" (na época era usada como crítica).




Manipulação da política nacional pelo imperador

          Poder Moderador - o imperador escolhia o Presidente do Conselho de Ministros (Primeiro Ministro) e podia demiti-lo. As eleições para a Assembleia Geral eram convocadas pelo imperador quando achasse necessárias. Podia também encerrar a legislatura (período de mandato dos deputados) quando quisesse. Além disso tudo, escolhia os senadores e controlava as nomeações, promoções e transferências dos juízes.


violência nas eleições


          Eleições - mesmo com o voto censitário as eleições ocorriam sempre com muita violência e fraudes.

          Revoltas Liberais - ocorreram em 1842. Resultaram da anulação das eleições parlamentares vencidas pelo Partido Liberal (Excesso de violência e de fraudes: "Eleições do Cacete").




          Revolução Farroupilha - em 1845 terminou o movimento separatista do sul, que teve início na época regencial (1835). Defendendo os interesses do governo imperial ganhou destaque o general Luis Alves de Lima e Silva, tanto nas campanhas militares quanto nas negociações de paz.

OBS - ver biografia do general Luis Alves de Lima e Silva, Duque de Caxias, no endereço eletrônico seguinte:   http://educacao.uol.com.br/biografias/duque-de-caxias.htm




         Revolução Praieira - foi um movimento separatista, liberal e federalista (com influência do socialismo utópico) que ocorreu em Pernambuco entre os anos de 1848 e 1850. Esta foi a última revolta política da época da monarquia brasileira.

                           Exercício – Política brasileira no segundo reinado


Consulte o livro nas páginas 166 e 168 para responder.

1) Por que, na época das regências, muitos políticos mudaram a ideia que tinham sobre a liberdade e defenderam a volta da autoridade do poder central?

R: devido as turbulências políticas: a década de 1830 foi marcada por revoltas e insurreições com participação de fazendeiros, profissionais liberais, militares, caboclos, libertos, escravos e quilombolas.                                                                                                                                                                                                                                                                   
2) Qual foi o golpe político articulado pelos liberais para tomar o poder, na época das regências?

R: o golpe foi acabar com a Regência e conduzir o príncipe D. Pedro ao trono, antecipando a sua maioridade.                                                                                                                                             

3) Apresente a reação do príncipe D. Pedro no momento em que foi consultado se desejava assumir ao trono do Brasil.

R: reagiu com uma resposta rápida, -"Quero já".                                                                                                                                                                                                                                                                 

4) Explique a expressão “Eleições do Cacete” usada para o processo eleitoral de 1840.

R: a luta pelo poder provocou violência e ilegalidades; os liberais foram acusados de roubo nas urnas,falsificação de votos e espancamento de eleitores. Foi esse episódio que ficou conhecido como "Eleições do Cacete".                                                                                                                 . 

5) Quais eram os objetivos dos rebeldes da Revolução Praieira?
R: exigiam o voto livre e universal, o federalismo, a extinção do Poder Moderador e a criação de uma república.                                                                                                                                         .

6) No parlamentarismo o chefe de Estado é o Primeiro Ministro.

(a) No Brasil, durante o segundo reinado, quem escolhia o Primeiro Ministro?

R: o primeiro ministro era escolhido pelo imperador.                                                                                                                                                                                                                                          .

(b) Como a vitória eleitoral do partido do Primeiro Ministro escolhido era garantida, no segundo reinado?

R: realizavam-se as eleições para a Câmara e, na apuração dos votos, falsificavam-se os resultados para garantir a vitória do partido do primeiro ministro.                                                                                   .

(c) Veja o funcionamento do parlamentarismo europeu, compare com o brasileiro e explique a expressão “Parlamentarismo às avessas”.

R: o parlamentarismo tem origem na Inglaterra, onde o chefe de governo (poder executivo) é o primeiro ministro, não O rei ou presidente. o primeiro ministro é escolhido  pelo partido majoritário no Parlamento (no Poder Legislativo). Por isso se fala que "o rei reina, mas não governa". No Brasil o parlamentarismo era às avessas porque quem mandava de fato era o imperador D. Pedro II. "o rei reina, governa e administra"                                                                                                                                     .                                                                    
7) O que havia em comum nos partidos políticos do império?


R: pertenciam à camada senhorial (elite) formada por homens brancos, livres,proprietários de terras e de escravos; queriam o poder político para ampliar o seu prestígio perante as bases; defendiam a manutenção da escravidão; temiam revoltas populares.                                                                                            .






Política Externa

foz do rio da Prata

          Durante o segundo reinado o Brasil desenvolveu relações conflituosas com outros países. O maior destaque nessa época está nas guerras contra os países da América do Sul (bacia hidrográfica do Prata).


Questão Christie - desentendimento entre o Brasil e a Grã Bretanha causado pelas trapalhadas do embaixador britânico no Rio de Janeiro. Houve rompimento das relações diplomáticas.

Uruguai e Argentina - entre 1851 e 1852 ocorreram intervenções de tropas brasileiras nesses dois países.                                                                                    

Uruguai - em 1864 ocorreu nova intervenção de tropas brasileiras nesse país.


D. Pedro II - o imperador vitorioso
mulher paraguaia no país destruído
Paraguai - o conflito armado tem início com a intervenção militar paraguaia em territórios da Argentina e do Brasil. Esse fato causou a formação da Tríplice Aliança ( Brasil, Argentina e Uruguai), que foi apoiada pela Inglaterra. A guerra prolongou-se de 1864 a 1870, causando um nível de destruição que levou o Paraguai à ruína.




Economia

          O Brasil nessa época era alvo do imperialismo inglês, que fazia um tipo de dominação indireta (controlava a economia sem alterar a independência política do país explorado).


rota da expansão da cafeicultura



Café - durante o segundo reinado esse produto passou a ser o principal item das exportações brasileiras. A cafeicultura possibilitou a capitalização de uma parte da elite brasileira. As principais regiões produtoras foram: o Vale do Rio Paraíba do Sul, abrangendo as províncias do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais (chagando até ao Espírito Santo) e o Oeste Paulista (interior da província de São Paulo).

D. Pedro na meia idade



Surto industrial - grande parte dos lucros obtidos com o café foi investida na indústria. Esse fato possibilitou a aceleração do processo de modernização do Brasil. A elevação das taxas alfandegárias e a chegada de muitos imigrantes europeus também contribuíram muito.





          O empresário Irineu Evangelista de Sousa (Barão e Visconde de Mauá) foi o personagem símbolo desse processo de modernização do Brasil, no segundo reinado.


Ferrovia - empreendimento das empresas Mauá

Visconde de Mauá








     







Podemos ter lazer e aprender história
A sugestão é assistir ao filme: "Mauá - o rei e o imperador" é só entrar no link abaixo.














Nenhum comentário:

Postar um comentário